600px-WhatsApp.svg.png

CONTATO

Somos uma empresa de soluções multidisciplinar vinculada a Universidade Católica de Pernambuco, com o objetivo de potencializar os resultados dos nossos clientes e impacta-los por meio de projetos, nossos serviços são personalizados  de acordo com as necessidades e perfil de cada cliente.
© 2015 Empresa Júnior UNICAP

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Aberta das 8h às 18h
De Segunda à Sexta
81 3072-8333
81 9.9806-5991 (WhatsApp)
contato@ejunicap.com
Rua Almeida Cunha, 352, Santo Amaro - Recife/PE

INÍCIO > BLOG > VENDAS

CONFIRA O NOSSO BLOG

  • EJ UNICAP

Arquitetura Sustentável: Como tornar o seu espaço mais agradável de forma mais econômica e natural.

Atualizado: 21 de Mai de 2019



Nos últimos anos, o direcionamento das discussões no meio da arquitetura tem se voltado bastante para as construções sustentáveis. A expansão exorbitante das cidades (horizontal e verticalmente), a migração populacional do interior para as grandes cidades, construções de ruas e avenidas, aumento do número de carros e muitos outros condicionantes, têm feito os arquitetos se questionarem e inovarem a maneira de se construir, deixando de ser apenas uma tendência e se tornando uma regra. Segundo o Green Building Council Brasil (GBC), estamos em 4º lugar na lista dos países com mais obras com certificado de sustentabilidade, apenas atrás dos Estados Unidos, da China e dos Emirados Árabes.


Mas o que realmente é ser sustentável? Qual a importância de investir em um projeto de impacto positivo no ambiente e na sociedade e como é possível fazê-la de maneira prática?


A sustentabilidade vai além do âmbito do meio ambiente. Ser sustentável é atender as necessidades atuais e ter a capacidade de suprir as necessidades das futuras gerações, ou seja, o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro. Seguindo essa linha de raciocínio, 'Arquitetura Sustentável' é poder criar e desenvolver novas técnicas, materiais, edificações, que sejam capazes de atender à necessidade a quem ela se direciona, causando impacto positivo tanto ambiental quanto na sociedade como um todo e, também, ter a durabilidade e a capacidade de atender a necessidades futuras sem a necessidade de intervenção de condicionantes externos.


A cultura da globalização trouxe benefícios e malefícios em vários aspectos. Na questão arquitetônica, a vinda de novas técnicas, estilos, materiais, entre outros, trouxe muitos avanços para a arquitetura, principalmente no Brasil. Entretanto, a “arquitetura da globalização” foi importada e implantada de maneira que os novos edifícios tenham aspectos dissonantes com relação ao seu contexto. Prédios altos, envolvidos em grandes panos de vidro, desprovidos de ventilação natural e, até mesmo, iluminação natural, estão tomando as cidades brasileiras, mais especificamente na cidade do Recife. O impacto de edificações desse tipo não é apenas visual, entram nessa questão aspectos legislativos, ambiental, social, urbanísticos e muito mais. Sendo assim, iremos listar algumas maneiras de se implementar a arquitetura sustentável no seu projeto ou, até mesmo, no seu dia a dia, promovendo assim, o bem-estar social.


1. Adequar à legislação;


Na hora que realizar o seu projeto, é importante ter conhecimento da legislação vigente da área em que se vai construir. É nela que deve se atentar aos parâmetros impostos para o local que irá se construir, como recuos, gabarito (altura), percentual de solo natural mínimo, percentual construtivo e outros aspectos que são importantes tomar conhecimento para garantir que a construção esteja dentro da lei e não cause impactos negativos para o seu contexto. Assim, você também evita possíveis multas e penalidades futuras, gerando mais impacto e gastos desnecessários.


2. Reutilizar Materiais;


No dia a dia, sempre que utilizamos de um produto, a nossa primeira ação é querer descartá-lo. Mas você já pensou que, aquele mesmo produto que não lhe tem mais uso, pode ser reutilizado? Hoje em dia, é muito fácil encontrar empresas que recebem materiais para reciclagem, assim como soluções que você mesmo pode desenvolver para a sua casa com vários tipos de materiais, como plástico, papel, vidro, madeira, cerâmica, metais e, até mesmo, para materiais de construção. É preciso apenas soltar a sua criatividade e pôr a mão na massa.


3. Priorizar a ventilação natural;


Hoje em dia, é muito fácil de instalar um ar-condicionado em sua casa ou até mesmo comprar um ventilador portátil para se livrar do calor. Porém, soluções como essas, mesmo sendo mais práticas, trazem um gasto enorme de energia, pois vivemos em um país com clima quente em boa parte do ano e sentimos a necessidade de utilizar desses meios frequentemente. Por isso, na hora de construir ou reformar sua casa, é importante pensar em aberturas que promovam ventilação dentro da sua residência, diminuindo os gastos. Afinal, quem não deseja diminuir o valor da sua conta de energia?! Também é possível solucionar problemas de ventilação em imóveis já construídos, como por exemplo, substituindo uma porta comum por uma porta com venezianas, onde é possível regular a abertura para passagem de ar. Janelas com brises móveis para direcionar a entrada de ar também é uma solução para aqueles que não querem gastar com reformas, mas, ainda sim, melhorar o ambiente.


4. Implementar o telhado verde.


Telhados verdes são utilizados desde o movimento modernista por Le Corbusier, maior arquiteto modernista, em 1920, mas só nos anos 1980 que foram aceitos pelo mercado e pela sociedade como solução. A implantação de telhado verde na sua casa traz benefícios maiores que apenas estéticos, pois com ele, evitam-se:


  • Gastos futuros com manutenções de telhas;

  • Tem a possibilidade de utilizá-lo como área de lazer ou jardim, quando implantado em lajes planas;

  • A vida útil é superior ao telhado convencional, evitando a troca da estrutura;

  • Traz tanto conforto ambiental quanto térmico para o local, pois a vegetação é capaz de esfriar o clima em que está inserido e muitos outros benefícios.


Essas são algumas das muitas soluções que você pode implantar no seu projeto ou na sua casa para promover a Arquitetura Sustentável e, assim, melhorar a qualidade de vida dentro de casa e impactar positivamente na cidade em que vive.


Por Mariana Basílio, Assessora de Marketing.


Possui alguma dúvida? Se sim, entre em contato conosco que ficaremos muitos felizes em poder atende-lo. E não deixe de conferir nossos diversos conteúdos dispostos em nosso site!

96 visualizações